Blog

A importância de certificados digitais para escritórios de advocacia

Para construir uma carreira no ramo da advocacia, assim como em todo ofício, o profissional de direito deve cumprir com alguns requisitos obrigatórios para sua área. A aprovação no Exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) é apenas o primeiro passo na enorme lista de medidas que precisam ser tomadas para se obter sucesso em sua atuação no sistema jurídico.  Mas a garantia de um grande o sucesso profissional nessa área não se encontra na lista do que deve ser cumprido, e sim no que pode ser feito. Os grandes advogados se destacam da média ao irem além do básico, e acrescentar ao seu método de trabalho ideias e ferramentas que garantem o aperfeiçoamento contínuo daquilo que se executa. Contudo não podemos analisar o desempenho profissional de um advogado sem considerarmos o escritório em que esse se encontra, e as ferramentas utilizadas para execução de seu serviço. O dia a dia de uma empresa é um ponto de extrema influencia  no comportamento daqueles que trabalham nela; Dessa forma o controle do tempo, a organização de documentos, o armazenamento de informações, e diversos outros detalhes são aspectos cotidianos que fazem total diferença na análise pessoal e geral do desenvolvimento jurídico.  O Certificado Digital é um documento eletrônico, uma solução digital, que pode atender tanto pessoa física ou jurídica, a fim de realizar transações online. Essa ferramenta permite a troca virtual de documentos, de mensagens e dados, com a vantagem de possuir um complexo de segurança que garante que tudo seja feito de uma forma segura.

Com o Certificado Digital OAB os atos processuais podem correr sem presença física do advogado. O acesso via internet permite que sejam movimentados contratos, petições, pareceres e diversos outros documentos que fazem parte do cotidiano de um advogado e do escritório de advocacia. Dessa forma, a tecnologia aparece como um jeito de facilitar uma rotina já agitada, fazendo dispensável a locomoção até tribunais, fóruns e varas. Proporcionando, ainda, a economia de uma quantidade significativa de folhas de papel

Entre as vantagens da adesão do Certificado Digital, podemos listar:

  • assinar e enviar documentos pela internet (como escriturações contábeis e fiscais);
  • Realizar consultas e efetuar atualização de cadastros
  • fazer login em ambientes seguros;
  • Conseguir certidões da Receita Federal
  • Cadastrar procurações;
  • Acompanhar processos tributários pela internet sem precisar se deslocar até um posto de atendimento munido de muitos documentos.

Indo mais a fundo, podemos observar que:

Uma maior agilidade na prestação de serviços

Não há mais espaço para profissionais que ainda possuem uma rotina burocrática, entulhados em papéis e pilhas e mais pilhas de processos. A possibilidade de acesso eletrônico prova que é preciso caminhar junto à tecnologia ou o especialista poderá perder espaço no mercado. As ferramentas digitais permitem que as informações sejam lançadas no espaço digital de forma simples e rápida, mas além disso possibilita um acesso imediato de qualquer lugar. A informação passa a ser compartilhada e recebe atualizações em tempo real.

O uso do Certificado Digital para advogados representa maior agilidade na prestação de serviços e no próprio julgamento das causas. Enquanto processos de papel levam meses para serem resolvidos, por meios digitais a solução pode levar dias.

Melhoria em questões de mobilidade

Se antes o advogado precisava se locomover até os fóruns e cartórios carregando uma pilha de documentos e gastar horas em uma fila, agora essa realidade pode ser deixada para trás e é possível e consultar toda e qualquer informação por meio da tela de um computador, tablet ou smartphone.

Para advogados, o Certificado Digital via dispositivos móveis facilita o dia a dia e possibilita realizar transações e assinaturas e resolver diferentes assuntos em poucos cliques. E o melhor: a qualquer hora e lugar.

Diminuição de burocracias

O Certificado Digital para advogados têm a mesma validade da antiga identidade profissional emitida pela OAB, mas como a assinatura passa a ser digital e o processo agora é eletrônico. Práticas processuais, que antes demandavam meses de tramitação no Poder Judiciário, levam menos tempo para serem analisadas e resolvidas.

Redução de custos

Os custos de um processo judicial incluem a locomoção do advogado até pontos de autenticação e valores gastos com papel para emissão de documentos. Imagine o custo de ter que realizar, a cada processo, a autenticação em cartório dos documentos, validar o ajuizamento das ações, recursos, notificações e outros atos.  

A substituição do papel pelo documento digital representa maior agilidade na transmissão de peças processuais, além de gerar mais economia, dinamismo e rapidez.

Segurança jurídica

Os Certificados Digitais possuem um ótimo complexo de segurança. A tecnologia faz uso de criptografia, o que assegura o sigilo e a autenticidade das informações. No Certificado do tipo A3, é comum que, como opção de segurança, o sistema requeira sempre a digitação de uma senha, que quando digitada 3 vezes de forma incorreta leva ao bloqueio do Certificado.

Ao lidar com dados de processos um escritório tem em mãos informações que exigem cuidados especiais de proteção. Para a segurança do advogado e dos clientes é necessário investir em uma ferramenta que oferece um bom complexo de segurança, e que possua algum tipo de controle de acesso -dessa forma apenas pessoas autorizadas podem acessar e visualizar as informações ali presentes.

Tendo em mente todas as vantagens que um Certificado Digital pode trazer para o advogado e seu escritório é natural que seja dado início às buscas do Certificado ideal para você. Antes de escolher qual é o Certificado Digital ideal para atender as necessidades do seu escritório, o advogado deve estar ciente de todos os detalhes que envolvem um Certificado:  A1 ou A3, Smart Card ou Token, entre outros.

Depois de avaliada todas essas questões, um importante fator de contratação a ser observado é o preço do serviço a ser adquirido. Com o mercado oferecendo diversas opções é necessário que seja feita uma boa busca de planos e valores para que se consiga um bom custo-benefício. Estude e compare variados pacotes antes que a decisão final seja tomada.  

A adesão dos advogados ao processo digital não é apenas um diferencial competitivo, mas sim é uma realidade, por exemplo, o software jurídico que já faz parte da rotina de diversos advogados. Não permita que sua estrada profissional seja prejudicada pela permanência de métodos passados. Garanta seu ingresso na era on-line, simplifique burocracias, agilize processos e ofereça aos seus contratantes o que há de melhor no mercado jurídico nacional.

 

7 dicas para uma rápida adaptação ao RGPD

O processo de adaptação do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) à realidade portuguesa não tem sido fácil. Apesar do diploma europeu estar em vigor desde 25 de maio de 2018, ainda existem muitas empresas que não conseguem cumprir todas as normas associadas à nova legislação. A Comissão Nacional de Proteção de Dados já passou multas aos infratores e é urgente que as empresas trabalhem no sentido de cumprir todas as obrigatoriedades que existem na lei. No artigo de hoje, apresentamos 7 dicas para uma rápida adaptação ao RGPD!

Ler mais

Os pilares da segurança de dados em ambientes de teste

As empresas cada vez mais protegem as suas informações mais sensíveis, mas a maior parte delas não tem o mesmo cuidado nos ambientes de teste e de desenvolvimento. Na última década, houve uma grande mudança na forma como as empresas lidam com os seus dados. Atualmente, muitas empresas copiam as suas bases de produção com dados reais para ambientes de homologação, o que faz com que seja possível trabalhar com ambientes de teste em tudo semelhantes ao ambiente de produção. O problema é que o ambiente de desenvolvimento não tem o mesmo nível de segurança do ambiente de produção. Existe ainda o problema de utilizar empresas externas para trabalhar nestes ambientes, deixando os dados ainda mais vulneráveis. Assim, é fundamental proteger os ambientes de teste e é sobre os principais pilares de segurança desta área que este artigo se foca!

Ler mais

Cibercrime: como evitar e reagir a um ataque informático?

Os ataques informáticos são um problema para as empresas. O cibercrime está na ordem do dia e as empresas precisam de se preparar para evitarem estes crimes, pois a segurança da informação é cada vez mais prioritária nas organizações modernas. Numa era tão digital e em que as ameaças são mais do que muitas, como é que as empresas podem evitar e reagir a um ataque informático?

Ler mais

O impacto do RGPD nos diversos setores de uma empresa

O RGPD entrou em vigor em maio do ano passado e trouxe muitas alterações para as empresas. Quase um ano depois da sua chegada, ainda existem muitas dúvidas sobre o impacto que este regulamento terá nos diversos setores de uma empresa. Por esse motivo, preparamos um artigo que fala sobre as principais alterações que acontecem em cada setor da empresa devido ao RGPD!

Ler mais

Tendências de gestão de TI para 2019

2019 já chegou e com ele trouxe novas tendências de gestão de TI. Depois de um 2018 em que a segurança da informação esteve na ordem do dia devido à chegada do novo regulamento geral de proteção de dados na União Europeia, espera-se que esta temática continue a ter uma grande importância para as empresas. No artigo de hoje, vamos abordar as principais tendências de gestão de TI para 2019!

Ler mais

Como pode o gestor de TI preparar-se para o cibercrime?

Os números não enganam: em 2016 mais de 978 milhões de pessoas, espalhadas por 20 países diferentes, foram vítimas de algum tipo de cibercrime, segundo dados da Norton Cyber Security. Os ataques informáticos estão a aumentar em todo o Mundo e isso é resultado da digitalização dos negócios e da nossa própria vida quotidiana. Uma vez que existem cada vez mais dispositivos conectados à rede, também existem cada vez mais portas de entradas para os criminosos digitais. No mundo empresarial, um ataque informático pode ter consequências fatais para a continuidade do negócio, pelo que é fundamental que a segurança seja encarada como uma necessidade real e em constante crescimento. No artigo de hoje, vamos responder à seguinte questão: como pode o gestor de TI preparar-se para o cibercrime?

Ler mais

Os principais recursos para aumentar a segurança da sua empresa

As empresas vivem numa era digital e todas as informações necessárias para trabalharmos diariamente encontram-se armazenadas num ambiente virtual. Assim, é muito importante garantir que os dados mais importantes de uma organização se mantêm protegidos de eventuais ameaças. Uma falha de segurança pode comprometer a sobrevivência de um negócio, pelo que é fundamental que as empresas se dotem das ferramentas mais importantes para proteger os dados. No artigo de hoje, abordamos os principais recursos para aumentar a segurança da sua empresa!

Política de segurança de informação

A política de segurança é um documento desenvolvido pela empresa onde se registam os princípios de segurança que a empresa adota e que devem ser seguidos pelos colaboradores. A política de segurança deve ser aplicada em todos os sistemas de informação, a nível de desktop e de mobile. Para que a política seja respeitada, é essencial que os gestores de topo participem na sua implementação e que haja sessões de esclarecimento sobre cada ponto deste documento. Devem ainda ser criadas sanções para os incumpridores, pois assim será mais fácil garantir que os colaboradores cumprem todas as normas.

Mascaramento de dados

O mascaramento de dados visa a criação de uma versão dos dados estruturalmente idêntica, mas não igual à versão original. Esta técnica cria uma base de dados com informação fictícia, mas realista, que pode ser utilizada para fins de testes e formação. As soluções de mascaramento de dados oferecem uma variedade de técnicas scrambling sofisticadas para proteger dados sensíveis, substituindo-os de forma irreversível por dados que não são reais, mantendo a integridade referencial da base de dados. É cada vez mais importante que as empresas adotem esta técnica, pois os ataques informáticos são cada vez mais sofisticados, o que faz com que sejam mais imprevisíveis e mais letais. O Datapeers oferece uma variedade de técnicas scrambling sofisticadas para proteger dados sensíveis, substituindo-os de forma irreversível por dados fictícios mas realistas.

Plano de recuperação de desastres

Uma solução de recuperação de desastres – disaster recovery – é um processo muito completo que garante a proteção dos dados e a sua recuperação em caso de falhas. O backup faz parte do disaster recovery, mas é apenas uma das suas componentes. O disaster recovery é uma solução muito completa visto que além de copiar os dados também garante o seu restauro de forma eficiente em caso de desastres naturais ou falhas de infraestrutura. Este tipo de soluções tem como grande objetivo eliminar (ou pelo menos minimizar em larga escala) o tempo de inatividade de uma empresa devido a falhas. O RAAS é um serviço de disaster recovery totalmente gerido por equipa especializada e dá-he a possibilidade de recuperar um servidor virtual em segundos.

Utilizar antivírus atualizado em todos os dispositivos

Por incrível que pareça, ainda existem empresas que não olham para o antivírus como uma ferramenta importante e que subestimam completamente a sua utilização. É fundamental utilizar um bom antivírus e garantir que este se encontra sempre atualizado, pois só assim consegue evitar a entrada de vírus. Os antivírus gratuitos que encontramos na Web não são capazes de proteger a organização em todas as suas camadas, pelo que deve optar sempre por uma versão premium completa.

Ter uma boa política de backups

É essencial que a informação mais importante da sua empresa tenha diversas cópias, para que não haja o risco de perda de dados para sempre. Se há uns anos guardar os dados em discos externos ou em pen’s era suficiente, hoje em dia aconselha-se completamente o uso da Cloud, pois é das soluções mais fiáveis e mais seguras do mercado. Além de ter os seus dados guardados num local seguro, pode aceder a estes a partir de qualquer local e de qualquer dispositivo, desde que tenha acesso à Internet.

O que mudou nas empresas em 2018 com a chegada do RGPD?

Sem dúvida que o RGPD foi o grande tema de segurança em 2018. A nova legislação trouxe novas formas de lidar com os dados e trouxe muitas dúvidas para as empresas. A nova lei foi aplicada para garantir uma maior privacidade dos dados pessoais dos cidadãos da União Europeia, sobretudo a nível online. Mas, passados 8 meses, o que é que realmente mudou nas empresas com a chegada do RGPD?

Ler mais

A importância de proteger os dados no setor da saúde

A transformação digital é uma realidade em todas as áreas. As tecnologias potenciam um grande conjunto de oportunidades de satisfação de diversas necessidades, otimizando os recursos disponíveis e diminuindo os riscos associados ao uso das tecnologias. O setor da saúde é um dos setores que mais cuidado deve ter no tratamento de dados pessoais, assegurando a privacidade dos dados dos pacientes. Com a entrada em vigor do novo RGPD, a importância de proteger os dados no setor da saúde é ainda mais evidente. Abordamos neste artigo as principais implicações do tratamento de dados pessoais no setor da saúde.

Ler mais