Como aplicar o RGPD no Google Analytics?

Como aplicar o RGPD no Google Analytics?

O Google Analytics é uma das ferramentas mais utilizadas pelos profissionais de marketing, visto que permite analisar e compreender o comportamento dos visitantes do website. No entanto, com a entrada em vigor do RGPD muitas foram as questões que se levantaram relativamente à legitimidade da continuação da utilização desta ferramenta. O Google Analytics utiliza dados dos visitantes e, por esse motivo, é necessário ter alguma atenção para não infringir a lei. No artigo de hoje, vamos explicar como aplicar o RGPD no Google Analytics.

O Google está em conformidade com a lei?

O Google alterou as configurações desta ferramenta  para estar em conformidade com o RGPD e solicitou que se realizassem várias ações antes do dia 25 de maio de 2018, data em que a legislação entrou em vigor. Isto significa que a ferramenta está em conformidade, mas é preciso que se tomem algumas medidas.

O que fazer com as cookies?

Existe muita confusão entre cookies, política de privacidade e leis de proteção de dados. Existe a ideia errada que as cookies são regidas pelo RGPD. No entanto, o uso de cookies não é exigido pelo RGPD, mas sim pela Diretiva ePrivacy. Os cookies são pequenos ficheiros com informações que são armazenados no computador do utilizador, através do browser. A sua função é oferecer uma melhor experiência na utilização do website, armazenando informações de login, produtos adicionados ao carrinho de compras, entre outras funcionalidades. Isto significa que os cookies não armazenam dados pessoais.

No entanto, a lei de cookies exige que o utilizador envie um consentimento sobre o armazenamento de cookies no seu dispositivo. Sem este consentimento, nenhum cookie poderá ser instalado. Para obter este consentimento, basta que exista um banner com informação sobre os cookies e o utilizador terá que clicar em “ok” para que seja possível instalar as cookies no seu browser. Existem, contudo, cookies que estão isentas da obrigatoriedade de obtenção de consentimento, nomeadamente: cookies técnicos essenciais para a prestação do serviço, cookies estatísticos geridos diretamente pelo proprietário do site e cookies estatísticos de terceiros, por exemplo o Google Analytics!

Cuidado com os formulários no website

Para cada formulário que exista no site, deve existir também:

• Uma ligação para a página das condições gerais de utilização;
• Uma caixa de seleção que solicite a aprovação das condições gerais de utilização do visitante. Atenção que esta caixa não pode estar selecionada por defeito!

Política de privacidade no website

A política de privacidade dos dados deve ser atualizada de acordo com as novas exigências da legislação. Deve ser definida uma escala de classificação e de tratamento dos dados pessoais. O departamento jurídico da empresa deve estar envolvido neste processo e nesta política devem constar todas as informações relacionadas com o tratamento real dos dados, incluindo a sua finalidade.

Saiba tudo o que precisa de saber sobre o novo regulamento de dados. Faça download do nosso e-book sobre o RGPD e comece hoje mesmo a proteger a sua empresa!

Sobre o autor

andreia.rocha administrator

Deixar uma resposta

3 − one =

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

  • RSS
  • Follow by Email
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn