A importância da segurança das bases de dados nas empresas

A importância da segurança das bases de dados nas empresas

Atualmente vivemos na era da informação. Esta já é uma verdade universal e cada vez mais a informação se torna no ativo mais importante de qualquer empresa. É fundamental que a base de dados de uma empresa receba uma atenção especial, de modo a garantir que se mantém inviolável. No cenário dos negócios atual, a utilização adequada de soluções para o armazenamento e recuperação de dados é um fator crítico para o sucesso (ou não) das empresas. No artigo de hoje, falamos da importância da segurança das bases de dados nas empresas!

Garanta que a informação se mantém inacessível

Ferramentas como o Datapeers ajudam-no a garantir a privacidade das suas bases de dados mais complexas. A evolução tecnológica transformou o valor dos dados que são, hoje em dia, os ativos mais importantes de qualquer organização, pois é através dos dados que os gestores analisam o comportamento dos consumidores e tomam decisões importantes para o futuro das empresas. Através de técnicas de mascaramento de dados sofisticadas, o Datapeers garante a privacidade e proteção da informação em todos os ambientes. O mascaramento de dados visa a criação de uma versão dos dados estruturalmente idêntica, mas não igual. Esta técnica cria uma base de dados com informação fictícia, mas realista, que pode ser utilizada para fins de testes e formação. As soluções de mascaramento de dados oferecem uma variedade de técnicas scrambling sofisticadas para proteger dados sensíveis, substituindo-os de forma irreversível por dados que não são reais, mantendo a integridade referencial da base de dados.

Base de dados sempre atual

Uma base de dados desatualizada não serve de muito para a empresa. Sempre que tiver uma interação com o cliente, atualize a base de dados. Alterações de e-mail, alterações de número de telefone, reclamações e qualquer tipo de pedido do cliente devem ser refletidos na base de dados, para que este esteja sempre o mais atualizada possível. Só com dados atuais é que as campanhas de marketing lançadas terão sucesso. E de nada lhe serve ter uma base de dados gigante se só uma pequena parte da informação guardada tem interesse e valor.

Dê bons acessos, mas priorize a segurança

Uma boa gestão de base de dados deve ter equilíbrio entre acesso facilitado e segurança. É importante definir quantas pessoas terão acesso aos dados totais, bem como regras de acesso. A segurança deve estar sempre em primeiro lugar na lista das suas preocupações. Criptografia e mascaramento de dados são técnicas que podem ser implementadas na sua base de dados para garantir o máximo de confidencialidade. Cada colaborador só deve ter acesso à informação de que realmente precisa, pois assim será mais fácil descobrir a origem de uma eventual fuga de informação.

Fazer backup é obrigatório

As empresas precisam de fazer o backup da informação da base de dados com bastante frequência, pois só assim conseguem manter os dados salvaguardados mesmo em casos de falhas. O backup em nuvem é cada vez mais utilizado, visto que garante um maior nível de segurança e de controlo das operações. Deve existir uma política rígida no que diz respeito aos backups, pois só assim se consegue garantir que a informação não se perde para sempre!

Elimine as informações que já não interessam

Todos os negócios têm as suas especificidades e nem todas as empresas precisam dos mesmos dados. Muitas vezes, pedimos informações inúteis aos nossos clientes que nunca vamos usar. Esses dados apenas ocupam espaço na base de dados e não são relevantes. Devem eliminar-se os dados que não trazem qualquer tipo de valor à empresa e que não são utilizados em campanhas.

 

Dica extra:

RAAS é um serviço de disaster recovery totalmente gerido por equipa especializada e dá-he a possibilidade de recuperar um servidor virtual em segundos. Fale connosco e saiba mais sobre esta solução!

 

 

 

Sobre o autor

andreia.rocha administrator

Deixar uma resposta

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

  • RSS
  • Follow by Email
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn